MARINHA INSPECIONA CADEIA PÚBLICA DE MOSSORÓ



Nesta quarta-feira (15), a Marinha deu continuidade, a “Operação Varredura”. Desta vez a unidade prisional visitada é a Cadeia Pública de Mossoró.

Os militares, após vistoriar a Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, na última segunda-feira (13), permaneceram na cidade, e na manhã de hoje se deslocaram para dar prosseguimento à Operação, que visa verificar a existência de armas, drogas, aparelho de telefonia móvel e materiais proibidos no interior da unidade.

Para a atuação da tropa, permanece a determinação de que os militares não tenham contato com os detentos, e, para isto contam com o apoio dos agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), no interior da cadeia, e da Polícia Militar, na contenção da área externa.

A estrutura da Operação é similar às das etapas já realizadas na PEP e na Mário Negócio, com a atuação de Fuzileiros Navais portando equipamentos de detecção de metais, aparelhos de raio X, e conduzindo cães farejadores para localização de drogas e explosivos. Além do posicionamento de militares em todo o perímetro externo da Cadeia visando a segurança e controle de acesso.

Nas etapas anteriores, realizadas na Penitenciária Estadual de Parnamirim e na Penitenciária Agrícola Dr. Mario Negócio, foram encontrados mais de 1500 itens, sendo 12 celulares, 16 baterias, 22 chips de celulares, 532 objetos perfurocortantes, 92 materiais suspeitos de serem narcóticos e 870 outros itens proibidos.

A Operação, na Cadeia Pública de Mossoró, se desenvolve dento da normalidade e conforme planejada.

Previous
Next Post »