Cosern comemora 55 anos com concerto da Orquestra Sinfônica do RN no Edifício-Sede

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa do Grupo Neoenergia, comemorou os 55 de atividades nesta quarta-feira (14) com um concerto da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte no novo espaço de eventos do Edifício-Sede, em Natal.

Antes da apresentação, o Diretor-Presidente da Cosern, Luiz Antonio Ciarlini, falou aos presentes sobre a alegria de comemorar a data, ressaltando alguns feitos da Distribuidora nessas cinco décadas e meia de atividades. “Em 1961, só 14% do Rio Grande do Norte era eletrificado. De lá pra cá, o estado cresceu e a Cosern cresceu muito mais. Hoje, estamos na casa de todas as famílias potiguares”, lembrou Ciarlini. O Presidente também elencou os prêmios recebidos pela empresa nos últimos anos, principalmente aqueles que dizem respeito à satisfação dos clientes residenciais, bem como o fato da Cosern ter a menor tarifa do Nordeste e a quarta menor do Brasil.

Em seguida, a Presidente do Grupo Neoenergia, Solange Ribeiro, fez uma saudação aos presentes por meio de videoconferência, a partir da sede do Grupo Neoenergia, no Rio de Janeiro. “O que mais se destaca na Cosern são as pessoas que trabalham nela, bem como a dedicação e o compromisso que todos vocês tem pela empresa e isso faz toda a diferença. Que venham mais 55 anos!”, saudou Solange.

O primeiro presidente que a Cosern teve depois que foi privatizada, em 1997, Antonio Spinoza, também falou aos presentes por meio de videoconferência, com lembranças sobre os três anos em que morou em Natal, dos desafios superados há quase vinte anos e da alegria de ver a empresa passando à margem da crise financeira que marcou o Brasil nos últimos anos, bem como a referência nacional em segurança. “Foi um privilégio dirigir à Cosern e eu não vou esquecer nunca a qualidade humana que encontrei aí”, lembrou.

Outro momento tocante da cerimônia foi o relato do Superintendente de Operação e Expansão, Dário Vale, e sua história com a Cosern. “Entrei aqui há 35 anos, como estagiário, passei por todos os postos da empresa, e vivenciamos muitas etapas diferentes nessas três décadas. Temos muitos marcos, como ser a primeira distribuidora brasileira a automatizar todas as suas subestações. Vendo essa nova geração que está aqui, lembro de todos que estiveram conosco e a eles também mandamos nosso muito obrigado”, emocionou-se Dário.

Também falou aos presentes o Superintendente de Transformação, Javier Vazquez, vindo da Espanha em 2015 para trabalhar na Cosern como representante do Grupo Iberdrola, a Analista de Mapeamento e Cadastro, Nyane Freitas (há 26 anos na empresa) e Pedro Rocha Formiga Júnior, Agente de Processos Comerciais, representando a nova geração, recém-admitida na Distribuidora. “Sou muito orgulhoso dessa pequena história e pretendo aqui fazer minha carreira”, disse Pedro.

A parte final da comemoração foi o concerto da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, patrocinada pela Cosern há quatro anos por meio da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, regida pelo Maestro Linus Lerner. O grupo de 60 músicos, tendo como solista a soprano Tatiana Vanderlei, radicada na Itália, executou peças do repertório clássico, do cancioneiro nordestino e encerrou com canções natalinas. “Muito obrigado à Cosern, sem vocês, essa orquestra não teria o brilho que tem”, agradeceu o maestro.

Em nome dos colaboradores, a Gerente de Comunicação Institucional e Sustentabilidade, Karine Severo, agradeceu o concerto e disse que a Cosern também se sentia muito orgulhosa de ter a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte como parte dessa história de 55 anos.

Saiba Mais

História da Cosern (1961-2016)

A Companhia Energética  do  Rio Grande do Norte (Cosern)  foi criada pela  Lei Estadual nº 2.721, de 14 de dezembro de 1961, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 3.878, de 08 de janeiro de 1962 e autorizada a funcionar como empresa de energia elétrica pelo Decreto federal nº 1.302, de 03 de agosto de 1962.

Seus atos constitutivos estão arquivados na Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte, sob o nº 24300000502, datado de 27 de junho de 1962. O capital inicial da Empresa foi avaliado em Cr$ 60 milhões (sessenta milhões de Cruzeiros), moeda em vigor na época.

Com o objetivo de eletrificar todo o Rio Grande do Norte, a partir da energia produzida pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a Cosern iniciou a construção de linhas e de redes no interior do Estado em 1962 nas cidades de Santa Cruz, Tangará e Serra Caiada. Neste período, os serviços de energia elétrica da capital já estavam sob a responsabilidade da Companhia.

Várias cidades potiguares passaram a contar com a energia que chegava de Paulo Afonso (como Taipu, Currais Novos, Acari, etc.), fato que contribuiu muito para o desenvolvimento industrial e agroindustrial do Estado. Para se ter ideia deste avanço, basta lembrar que em 1960, apenas 14% da população recebia o serviço de energia elétrica. Em 1965, apenas cinco anos após o início da expansão da rede, o índice saltou para 39% da população.

Em 1968, com 47 municípios energizados e 44.157 consumidores atendidos, a Cosern, com o apoio da Eletrobrás, incorporou ao seu patrimônio a Companhia Força e Luz Nordeste do Brasil (CFLNB). Outra iniciativa importante para o crescimento da Cosern ocorreu com a incorporação da Companhia de Melhoramentos Mossoró S/A (Comensa), em 1972.

1997, ano da privatização

Controlada pelo Governo do Estado até 1997, quando foi privatizada na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, a Cosern foi adquirida pelo consórcio formado pela Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), Guaraniana S/A e UPTICK Participações S/A pelo valor de R$ 676.400.000,00 (seiscentos e setenta e seis milhões e quatrocentos mil reais).

No primeiro ano já como empresa privada, foram investidos 40,6 milhões de reais na ampliação e melhoria do sistema de transmissão e distribuição em todo estado. A expansão do consumo de energia da Cosern em 1998 foi de 11,3%, totalizando a venda de 2.518 GWh atingindo, ao final do ano, o atendimento a um universo de 625.771 clientes.

Desde então, a Cosern mantém uma evolução positiva na oferta da qualidade do serviço oferecido aos norte-rio-grandenses, buscando sempre aprimorar a relação com seus clientes e contribuindo para o desenvolvimento do Estado.  Em 2016, são cerca de R$ 242 milhões previstos em investimentos no reforço, melhoria, modernização e expansão do sistema elétrico potiguar e inovações tecnológicas em todas as regiões do estado. As principais obras dizem respeito à construção e reforma de Subestações, além de linhas de transmissão e de distribuição.

Números, serviços e prêmios

Ao completar 55 anos, em 2016, a Cosern é a sexta maior Distribuidora do Nordeste em número de clientes (1,3 milhão) e a quinta em volume de energia fornecida. A estrutura de atendimento aos clientes está organizada em 10 regionais, possui um dos Centros de Operações Integradas (COI) mais modernos do Brasil, capaz de identificar em tempo real qualquer ocorrência nos 2.401 quilômetros de linhas de transmissão e 51.366 de linhas de distribuição, bem como nas 62 subestações automatizadas e interligadas, além de disponibilizar vários canais de atendimento ao consumidor (telefone, agência virtual no site, postos de atendimento em todos os munícipios, ouvidoria, SMS, canal para deficiente auditivo, fatura em braile, etc.)

Outro destaque é a tarifa residencial praticada pela Cosern, a menor do Nordeste e a 4ª menor do Brasil. No capítulo sobre o papel da Companhia no apoio à cultura, foram cerca de R$ 3,3 milhões destinados a 21 projetos em realização por meio das leis de incentivo à cultura Rouanet e Câmara Cascudo, além de apoios diretos, em 2016. A Cosern é, hoje, uma das empresas mais admiradas pela classe artística do Rio Grande do Norte.

O engajamento na Gestão Socioambiental se faz presente por meio de iniciativas como o Vale Luz, que já recolheu mais de 143 toneladas de resíduos sólidos, gerando cerca de R$ 40 mil de descontos nas contas de luz dos consumidores desde janeiro de 2014. Por meio do projeto Cosern nas Comunidades, que leva serviços a toda as regiões do estado, já foram substituídas mais de 33 500 geladeiras (doação e venda subsidiada) e doadas 270 mil lâmpadas de LED e fluorescentes compactas desde 2010. O Logisverde, por sua vez, é uma iniciativa que já á preservou 12 mil árvores com a reutilização de 36 mil bobinas nas três distribuidoras do Grupo Neoenergia.

A parceria com o cantor baiano Carlinhos Brown também é outro destaque nesses 55 anos. Por meio de show, cartilhas, revistas em quadrinhos, jogos e web séries na internet foram difundidos os temas do uso seguro e eficiente de energia elétrica e respeito ao meio ambiente. Em setembro de 2016, Carlinhos e a Cosern promoverem um show para 1.400 crianças, professores e pais no Teatro Riachuelo, em Natal.

Nos últimos 20 anos, a empresa vem traçando uma série histórica de prêmios. Em destaque, os seguintes:

·         ANEEL - Melhor Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (IASC) do NE e do BR, entre empresas com mais de 400 mil consumidores – (2012-2016)

·         ABRADEE - 4ª Melhor Distribuidora do Brasil no Prêmio Abradee (2015)

·         ABRADEE - Cinco vezes a melhor distribuidora  do setor elétrico Brasileiro em Gestão Econômico – Financeira (2001-2010-2011-2014-2015). Em 2016, 2º lugar.
·         Great Place To Work (GPTW) - Brasil - 30 Melhores empresa para Trabalhar (2015-2016)
·         Guia Você - S/A -  150 Melhores empresa para Você Trabalhar (2015-2016)  e Categoria Empresa Revelação (2015)
·         Top of Mind da Cultura do RN, Revista Foco (2010-2011-2012-2013-2014-2015-2016).
Recentemente, a Cosern teve um crescimento no Índice de Satisfação com a Qualidade Percebida (ISQP) de quase 5 pontos percentuais em relação a 2015, segundo dados da 4ª Pesquisa Abradee de Satisfação de Grandes Clientes e, na pesquisa IASC de Satisfação do Consumidor, realizada pela Aneel, obteve o melhor indicador de satisfação do Brasil, entre as Concessionárias com mais de 400 mil consumidores, o maior da história da Cosern.

Previous
Next Post »