Grupo Gestor apresenta projetos que serão realizados dentro do Brasil Mais Seguro

Integrantes das Policias Militar, Civil e Federal, ITEP, Corpo de Bombeiros, Sistema Penitenciário, Justiça Criminal, Ministério Público, RN Vida e Prefeitura do Natal participaram de uma reunião com a Governadora Rosalba Ciarlini e o secretário da Segurança Pública do RN, Aldair da Rocha, no final da manhã desta quinta-feira, 14. O encontro apresentou e discutiu os projetos elaborados para receber os recursos do Programa Federal Brasil Mais Seguro. A responsabilidade pela criação e planejamento das ações, encaminhadas ao Governo Federal para aprovação final, é das doze câmeras temáticas estabelecidas da Matriz de Responsabilidade do programa.

Esses projetos têm como objetivo viabilizar o fortalecimento das polícias judiciária, comunitária e técnica, do setor de perícia do ITEP, das ações de prevenção e combate à violência e das estratégias desenvolvidas pela Secretaria de Defesa Social, em parceria com o Ministério da Justiça, para a Copa 2014. A reunião de hoje finaliza a primeira etapa de trabalho do Programa Brasil Mais Seguro no Estado.  A expectativa é que, a partir de agora, os projetos passem a ser executados integralmente.

Para a Governadora Rosalba Ciarlini, a radiografia realizada na segurança pública, para elaboração dos projetos, possibilitou a identificação de falhas dessa área. “Vamos passar a atuar de forma integrada e com mais domínio sobre nossas falhas, dessa forma acredito que poderemos otimizar nosso trabalho”. A gestora cobrou ainda um fluxograma de todas as ações apresentadas para que seja feito um acompanhamento dos projetos e assim, os possíveis atrasos sejam evitados.

Os recursos investidos pelo Governo Federal, na ordem de R$ 49,2 milhões, envolvem a qualificação dos procedimentos investigativos. O foco é o enfrentar os crimes letais intencionais e a impunidade, reduzindo os homicídios e combatendo o tráfico de drogas, além de impulsionar o reforço da presença ostensiva da Polícia nas cidades de Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará Mirim e Macaíba.

O programa vai estruturar e articular as mais diferentes políticas e estratégias das regiões com alto índice criminalidade. A princípio, serão investidos no Rio Grande do Norte R$ 40 milhões para fortalecimento das Delegacias de Homicídios e da Divisão de Narcóticos (Denarc), principalmente as da Grande Natal e Mossoró.

O pacto pela segurança do Rio Grande do Norte foi assinado em agosto deste ano pela Governadora e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A próxima reunião do Grupo Gestor do Programa Federal Brasil Mais Seguro está marcada para o dia 12 de dezembro. 

Previous
Next Post »