Governador assina contratos de fruticultura e entrega equipamentos em Mossoro.

O governador Robinson Faria assinou neste sábado (18) contratos de execução do projeto piloto de Agricultura Irrigada, com investimento de quase R$ 14 milhões. O valor inclui a entrega de equipamentos de informática aos Conselhos Comunitários. O evento também marcou o lançamento do programa Moradia Cidadã Servidor, que tem o objetivo de reduzir o déficit habitacional por meio da facilitação de crédito aos servidores públicos, incluindo cargos comissionados. 

A assinatura dos contratos, bem como o lançamento do programa, foram realizados pelo governador e pela secretária de Estado do Trabalho, Habitação de Assistência Social, Julianne Faria. O evento foi realizado no auditório do Sebrae, em Mossoró e teve a presença da prefeita Rosalba Ciarlini, do secretário de Estado de Gestão de Projetos, Vagner Araújo, e auxiliares da administração do Governo do RN.

Apenas com os editais de apoio a projetos e contratos de assistências técnicas dos projetos pilotos de fruticultura irrigada serão aplicados R$ 9 milhões. A expectativa é beneficiar diretamente 350 famílias e gerar mais de 3 mil empregos diretos. Cada organização produtiva vai poder concorrer com projetos de até R$ 450 mil para obras de construção, ampliação, adequação, reforma e melhoria em imóveis de unidades agroindustriais. O valor também abrange aquisição de máquinas e equipamentos para beneficiamento de produtos e para melhorar sistemas de irrigação.

Em relação aos contratos das assistências técnicas dos Projetos Pilotos de fruticultura irrigada, cinco organizações produtivas foram escolhidas para participar do Projeto Piloto e o investimento do governo é de R$ 3 milhões para treinamento de agricultores e compra de máquinas melhorando a renda na zona rural. Serão 104 famílias diretamente beneficiadas em assentamentos rurais de Mossoró com expectativa de geração de 700 empregos diretos.

Conselhos receberam kits de informática

No mesmo evento foram entregues equipamentos de informática aos Conselhos Comunitários das cidades de Mossoró, Baraúnas, Grossos, Serra do Mel e Tibau. Cada Conselho de Desenvolvimento Social Sustentável (CDMS) receberá kit com computadores, impressoras e projetores, com investimento de R$ R$ 9.373 em cada kit. Os equipamentos buscam promover o fortalecimento dos Conselhos Comunitários de Desenvolvimento Regional Sustentável, com vista a estruturá-los melhorando as condições de atuação deles.
 
O governador declarou que os investimentos fazem parte de uma agenda de descentralização e aplicação de recursos. “Não tem como pensar em desenvolver o Rio Grande do Norte se os recursos forem aplicados de forma desigual entre as regiões. A assinatura desses contratos de hoje são uma esperança para o nosso governo e para os produtores que já começam a sonhar com um bom inverno. Com bons projetos, a retomada do crescimento está garantida”, destacou.
 
Programa de acesso à moradia para servidor estadual chega a Mossoró
Também no evento, foi lançado o programa Moradia Cidadã, que tem o objetivo de facilitar o acesso à casa própria em todo o estado. Desenvolvido pela Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Cehab), órgão vinculado à Sethas, o programa foi lançado em Natal nesta semana, onde estão sendo ofertados imóveis já construídos, e tem como prioridade da atual gestão no enfrentamento ao déficit habitacional no RN, que hoje é de cerca de 120 mil moradias.
 
Nesta primeira etapa, o objetivo é viabilizar a casa própria para Servidores Públicos Estaduais (ativos, aposentados e pensionistas), inclusive para quem ocupa cargo comissionado. O estado conta com aproximadamente de 105 mil servidores.
 
Os preços das unidades são diferenciados em relação ao mercado imobiliário e os imóveis disponíveis são casas ou apartamentos, novos ou usados. Todos os imóveis serão disponibilizados para os servidores no site do governo (www.rn.gov.br), a partir de segunda (20/03) para sua inscrição e posterior assinatura de contratos e financiamentos, após aprovação. Esta etapa do programa é exclusiva para servidores estaduais.
 
Serão ofertados apartamentos e casas novos e usados em todos os 167 municípios. O programa também viabiliza o avanço da regularização fundiária em várias regiões, além da construção de novas moradias de interesse social. Até o momento, o Estado já viabilizou a entrega de 5.604 unidades habitacionais. A meta será entregar 40 mil moradias até o fim do mandato.

Previous
Next Post »