Município assegura que contratação por dispensa está dentro da legalidade

Em recente polêmica pelas redes sociais e pela mídia falada de Caraúbas, o município foi questionado e acusado de realizado contratações por dispensa, de forma irregular, no tocante a veículos que prestam serviços a Secretaria de Saúde. Os setores jurídicos e de licitação da prefeitura asseguram que as contratações foram realizadas em caráter emergencial de três meses, conforme ampara o regimento jurídico do município.

De acordo com Midian Naara, responsável pelo setor de licitação da prefeitura, ao todo foram contratados 18 veículos, equivalente a R$ 75 mil, para prestar os mais diversificados serviços, aos programas e convênios da Saúde.

“Todas as contratações dos veículos, por dispensas que foram realizadas pela Secretaria de Saúde ou qualquer outra pasta que seja, estão dentro da legalidade e foram feitas em caráter emergencial, de consonância com o jurídico da Prefeitura Municipal de Caraúbas”, explicou Midian Naara.

O prefeito Juninho Alves disse que algumas contratações são feitas por dispensa Rn estão dentro da legalidade jurídica e, antes de realizar qualquer feito, passa pelo crivo dos advogados e contabilistas da prefeitura, para que nada seja duvidoso ou questionado de forma infundada.

“Estamos trabalhando dentro da legalidade, todas as ações que estamos realizando em nossa administração estão de comum acordo com a justiça e amparado por lei. O município está em emergência e precisa desses procedimentos para que as coisas andem. Conforme formos botando a casa em ordem, as coisas vão voltando ao normal", concluiu Juninho Alves.

Fonte - Assessoria de Comunicação PMC

Previous
Next Post »